Última hora
This content is not available in your region

Um voto secreto pró ou contra Bronw

Um voto secreto pró ou contra Bronw
Tamanho do texto Aa Aa

Gordon Brown desautorizado ou confirmado na liderança dos trabalhistas é o objectivo do voto secreto proposto por dois ex-ministros dos Labour.

A iniciativa de Geoff Hoon, antigo-ministro da Defesa, e Patricia Hewitt, ex-responsável pela Saúde, mostra que a contestação interna ao primeiro-ministro ainda não foi aplacada.

“ Na medida de assegurar a transparência, a unidade do partido aquilo que propomos depois do que vimos ao longo destes meses sobre a constestação da liderança em cada um dos discursos é votar e analisar os resultados para saber se existem um desafio à lideança.
Actualmente não estão reunidas as condições políticas no partido para uma campanha bem sucedida e para obtermos a vitória. Este voto deverá permitir resolver os nossos problemas de uma vez por todas”, declarou Hoon.

A poucos meses das eleições gerais britânicas, que deverão acontecer, no máximo, em Junho, a popularidade eleitoral de Brown enfraquece e no seio do partido há quem se questione sobre a capacidade do chefe de Governo para conseguir uma quarta vitória.

Nas sondagens Brown surge vencido pelo líder da oposição, o conservador, David Cameron.

Os conservadores têm sede de poder, uma vez que não vencem as eleições legislativas desde 1992, com John Major, dizem estar preparados para a campanha eleitoral e anunciaram já a apresentação do programa do partido para a próxima semana.