Última hora
This content is not available in your region

Escândalo ameaça estabilidade política na Irlanda do Norte

Escândalo ameaça estabilidade política na Irlanda do Norte
Tamanho do texto Aa Aa

Um escândalo pode obrigar o chefe do governo autónomo da Irlanda do Norte a demitir-se. Peter Robinson não denunciou um negócio ilícito da esposa, deputada em Westminster e no Parlamento de Belfast.

Iris Robinson angariou 55 mil euros para que um jovem de 19 anos pudesse abrir um restaurante. Mas o homem era seu amante e a deputada participou na comissão que lhe atribuiu a licença de exploração do café.

Peter Robinson quer limpar o seu nome. “Tenho de lidar com este assunto”, assumiu. “Não o posso evitar porque acredito que é necessário explicar ao público que não fiz nada de mal e que tudo o que fiz, fi-lo de forma correcta”, acrescentou o líder do maior partido unionista.

A esposa vai deixar o cargo de deputada esta semana. Se Peter Robinson decidir demitir-se, poderá ser o responsável de uma nova crise política na Irlanda do Norte, onde os protestantes unionistas e os católicos separatistas partilham o poder desde 2007.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.