Última hora

UE com liderança partilhada

UE com liderança partilhada
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha assumiu a presidência rotativa da União Europeia neste primeiro semestre de 2010. No dia 8 de Janeiro, a Suécia entregou o testemunho a José Luís Rodriguez Zapatero. Madrid assume a quarta presidência espanhola do clube comunitário, mas, desta vez, é diferente.

Zapatero inaugura uma nova era institucional, depois da entrada em vigor do Tratado de Lisboa e a criação de dois novos cargos:
o do presidente permanente do Conselho Europeu, ocupado pelo belga Herman Van Rompuy, e o de chefe da diplomacia europeia, para o qual foi nomeada a britânica Catherine Ashton.

Estes dois cargos juntam-se aos que já existiam: a presidência da Comissão Europeia, entregue a José Manuel Durão Barroso, e a presidência semestral, assumida por José Luis Rodriguez Zapatero.

O chefe de governo espanhol vai ter de partilhar as funções com o presidente permanente da União, Herman Van Rompuy, para dirigir eficazmente e sem fricções os 27 até 30 de Junho.

Madrid reiterou, em várias ocasiões, que a palavra de ordem será colaboração, mas o desafio é de peso. Van Rompuy marcou o território, assegurando a maior fatia de protagonismo nos próximos seis meses.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.