Última hora

Última hora

Sindicatos da Opel unidos pela manutenção dos postos de trabalho

Em leitura:

Sindicatos da Opel unidos pela manutenção dos postos de trabalho

Sindicatos da Opel unidos pela manutenção dos postos de trabalho
Tamanho do texto Aa Aa

Os sindicatos dos trabalhadores da Opel na Europa estão reunidos em Antuérpia.

Mas o Director executivo, Nick Reilly, anunciou esta terça-feira que o plano de reestruturação está concluído, falta apenas o acordo final com as instituições sindicais.

Apesar do optimismo o encerramento da unidade de Antuérpia criou uma onda se solidariedade entre os sindicatos.

“Sabemos o que os trabalhadores estão a sentir. Vivemos o mesmo em Luton há alguns anos quando encerraram esta fábrica no Reino Unido.”

Esta terça-feira na Bélgica estudam-se formas de protesto. O sindicato alemão apoia a luta.

“Porque é que viemos de Eisenbach? Somos a Opel e ficamos juntos enquanto Opel. Mostrámo-lo em Setembro e mostramo-lo agora.”

Os trabalhadores vão unir-se para salvar os empregos na Europa. As críticas contra a administração da General Motors são muitas.

“A única coisa que sabem fazer é tomar decisões unilaterais para nós isso é inaceitável.”

Em Antuérpia, dois mil e seiscentos trabalhadores vão perder os seus empregos depois do anúncio do encerramento da fábrica feito pela GM.

No total, o plano de reestruturação da empresa prevê o corte de mais de oito mil postos de trabalho, a maioria na Alemanha mas também em Espanha.