Última hora
This content is not available in your region

Vítimas da Primeira Guerra Mundial foram enterradas

Vítimas da Primeira Guerra Mundial foram enterradas
Tamanho do texto Aa Aa

Os restos mortais dos primeiros 250 soldados ingleses e australianos, desenterrados de uma vala comum, que data da Primeira Guerra Mundial, foram hoje a sepultar.

A cerimónia fúnebre aconteceu na localidade de Fromelles, no norte de França, e teve honras militares.

As bandeiras Francesa, Inglesa e Australiana foram levantadas a meia haste.

Várias pessoas estiveram no local para prestar uma última homenagem.

O cemitério foi construído propositadamente, nas imediações do terreno onde foram encontrados os corpos.

Mais de 5500 australianos morreram, desapareceram ou ficaram feridos na Batalha de Fromelles, a 19 Julho de 1916. Entre os soldados britânicos contam-se cerca de 1500 baixas.

A vala comum foi encontrada em 2007. Durante cerca de 5 meses, arqueólogos e especialistas forenses dedicaram-se a esta tarefa de corpo e alma.

Além dos corpos, foram ainda encontradas botas, e fivelas, entre outras coisas.

O mistério foi desvendado por um historiador australiano.

Os trabalhos de identificação da identidade dos soldados, através de análises do DNA continuam nos próximos tempos. Os resultados são divulgados em Março.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.