Última hora

Última hora

Haitti vai julgar americanos

Em leitura:

Haitti vai julgar americanos

Haitti vai julgar americanos
Tamanho do texto Aa Aa

Os 10 cidadãos norte-americanos detidos no Haitti por suspeita da tentativa de tráfico de 33 crianças, foram esta sexta-feira formalmente inculpados.

Ouvidos por um tribunal de instrução, os suspeitos reclamaram inocência, negando qualquer tentativa de tráfico.

Queriam apenas ajudar crianças em dificuldade, disseram.

O seu advogado já conhece alguns dos fundamentos da acusação:

“Agora, o promotor de justiça decidiu incumpá-los formalmente. Ontem, a suspeita era apenas de tráfego ilegal de crianças. Mas, porque esse crime não está tipificado na lei, o promotor de justiça reformulou a acusação. São acusados agora de rapto e sequestro de menores, um crime consignado no artigo 300 do Código Penal, e igualmente acusados de conspiração e associação criminosa”.

A Unicef está no terreno, tratando de centenas de criaças, muitas delas orfãs, que, antes do cismo, já viviam em dificuldade e à mercê do trafico internacional.

As criaças envolvidas neste casos têm idades compreendidas entre os dois e os 12 anos. Foram interceptadas quando viajavam, sem qualquer documentação, num autocarro, a caminho da República Dominicana.