Última hora
This content is not available in your region

Comissão Barroso II aprovada no Parlamento Europeu

Comissão Barroso II aprovada no Parlamento Europeu
Tamanho do texto Aa Aa

Foi aprovada a Comissão Barroso II. O Parlamento Europeu deu um evidente voto de confiança. A equipa conseguiu 488 votos a favor, 137 contra e 72 abstenções.
 
Barroso conseguiu o apoio dos principais grupos políticos presentes no hemiciclo, a começar pelo Partido Popular Europeu, pelos liberais e os socialistas, à excepção dos franceses.
 
A nova comissão europeia conseguiu mesmo alargar o apoio parlamentar face à precedente, investida em 2004, quando conseguiu 449 votos a favor.
 
A equipa terá agora de ser aprovada pelo Conselho Europeu, mas depois de três meses de atraso, a União está apressada. A luz verde dos Estados membros será dada ainda hoje através de um procedimento escrito, ou seja, votam por procuração. Isso permite que a comissão possa começar a trabalhar esta quarta-feira, antes da cimeira extraordinária convocada pelo presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, para abordar a crise económica.
 
Nos discursos dos líderes parlamentares, que precederam o voto, foi exigido a Durão Barroso que seja determinado e que a comissão seja forte e apresente medidas capazes de fazer face aos desafios que a União tem pela frente. Mesmo os Verdes, que votaram contra, estão dispostos a apoiar no futuro as medidas do executivo comunitário, desde que estas defendam uma Europa forte.
  
A primeira reunião do colégio de comissários está marcada para 17 de Fevereiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.