Última hora
This content is not available in your region

Sexto dia da ofensiva Moshtarak no Afeganistão

Sexto dia da ofensiva Moshtarak no Afeganistão
Tamanho do texto Aa Aa

No Afeganistão prossegue a ofensiva contra os talibãs.

O diário espanhol “El Mundo” escreve, hoje, que um helicóptero das forças da Nato abateu, esta quinta-feira, por engano, sete polícias afegãos que viajavam numa viatura, em Kunduz, no norte do país.

A confirmar-se, as vítimas juntam-se aos cinco soldados e 15 civis mortos nos últimos seis dias.

Americanos e britânicos lideram as operações em Nadi Ali e Marjah, na província de Helmand.
Na região, onde as forças afegãs e da NATO iniciaram sábado uma grande ofensiva, continuam a registar-se combates esporádicos.

Ao sexto dia as tropas internacionais e afegãs continuam a progredir no terreno cautelosamente.
O general afegão Mohammad Zazai adianta que as forças terrestres não têm encontrado grande resistência. Mas o avanço continua a ser dificultado pelos engenhos explosivos deixados para trás pelos rebeldes e por frequentes disparos de atiradores furtivos.

Mesmo assim a calma regressa a alguns lugares. Na parte norte de Marjah, controlada pelas tropas afegãs e internacionais, as famílias recomeçaram a sair e as lojas reabriram.

Esta é a maior ofensiva desde a invasão do Afeganistão em 2001. Uma bandeira para Barack Obama que pretende reverter o aumento de poder talibã na região.