Última hora

Última hora

Ianukovitch promete neutralidade de Kiev na cena internacional

Em leitura:

Ianukovitch promete neutralidade de Kiev na cena internacional

Ianukovitch promete neutralidade de Kiev na cena internacional
Tamanho do texto Aa Aa

Visto como o mais pró-russo dos dois candidatos da segunda volta das presidenciais ucranianas, o novo homem forte de Kiev, Viktor Ianukovitch, prometeu neutralidade no seu discurso de tomada de posse.

Ianukovitch defendeu que a Ucrânia deve ser um “Estado europeu não-alinhado”, o que sugere que não tentará aliar-se nem a Moscovo, nem a Bruxelas. A Ucrânia encontra-se na fronteira entre os Vinte e Sete e a Federação Russa, situação geopolítica que faz de Kiev uma das principais visadas pela “Parceria Oriental” de Bruxelas que tem como objectivo reforçar as relações de vizinhança a leste.

Para tentar acalmar os seus principais detractores que o acusam de ser demasiado próximo da Federação Russa, Viktor Ianukovitch faz a primeira deslocação oficial a Bruxelas na próxima segunda-feira.

Apesar da neutralidade prometida, o novo chefe de Estado ucraniano pretende tornar o seu país menos dependente da Rússia, nomeadamente no que diz respeito ao mercado energético.