Última hora
This content is not available in your region

Haiti impaciente perante aproximação da época das chuvas

Haiti impaciente perante aproximação da época das chuvas
Tamanho do texto Aa Aa

Entre os haitianos e a época das chuvas que se anuncia para dentro de semanas, existem apenas frágeis estruturas de plástico ou zinco – barracas -que não defendem ninguém de tempestades tropicais.

Tão importante como a água ou comida, as tendas também estão a ser distribuídas, mas o ritmo de conta gotas desespera.

Entretanto já se pensa em deslocar os refugiados. A começar pelo que estão acampados frente ao Palácio Presidencial, Campo de Março.

Vlackov Abramoskiev, supervisor da Organização Internacional para a Migração, indica que “as pessoas neste campo estão a ser registadas para podermos saber de onde são e eventualmente regressarem a casa quando for seguro. A época das chuvas está a chegar e não é seguro ficar aqui”.

Crê-se que sejam mais de 700 mil os deslocados apenas na capital, Porto Príncipe.

O terramoto poderá ter matado até 300 mil pessoas. Estima-se que mais de um milhão de pessoas não tenha casa para onde voltar, ou seja, cerca de 250 mil famílias

As autoridades locais pretendem, até 1 de Maio, distribuir uma tenda por cada lar sem tecto.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.