Última hora
This content is not available in your region

Itália: Residentes de L'Aquila denunciam ausência de obras quase um ano depois do sismo devastador

Itália: Residentes de L'Aquila denunciam ausência de obras quase um ano depois do sismo devastador
Tamanho do texto Aa Aa

Quase um ano depois do devastador terramoto que destruiu grande parte da cidade de L’Aquila, em Itália, pouco parece ter sido feito em termos de reconstrução.

Este Domingo, e apesar de muitos edifícios ainda serem considerados pouco seguros, milhares de residentes invadiram a área restrita do centro para um protesto simbólico.

“Estamos a carregar tudo o que encontramos, como metal e pedras, para despejarmos na rua principal. É uma forma de mostrar que somos nós quem está a limpar…”

“Carrego os destroços da Câmara Municipal. Ainda estavam frente ao edifício…”

Os habitantes de L‘Áquila denunciam a ausência de limpeza dos escombros e início dos trabalhos de reconstrução, e, munidos com carretes, organizaram esta “limpeza” teatral.

O terramoto foi em Abril do ano passado. Semanas depois, o encontro do G8 foi realizado na cidade para demonstrar solidariedade, mas desde então a vida de muitos desalojados e vítimas pouco mudou.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.