Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Movimentos pró-vida manifestam-se em Espanha contra a lei do aborto

Movimentos pró-vida manifestam-se em Espanha contra a lei do aborto
Tamanho do texto Aa Aa

A Igreja Católica e os meios conservadores espanhóis voltaram às ruas para protestar contra a nova lei do aborto que deverá entrar em vigor em Julho.

O protesto é o terceiro organizado no país para tentar abortar a lei, apoiada no entanto pela maioria da população.

Entre os manifestantes desfilaram vários membros da oposição conservadora, que prometem modificar a lei caso vençam as próximas eleições em 2012.

Uma activista católica pró-aborto explica no entanto que nem todos os católicos estão contra a nova legislação, “em termos de direitos sexuais a maioria não segue as regras impostas pela igreja, nós os católicos utilizamos contraceptivos e recorremos ao aborto em caso de necessidade… Enfim, desobedecemos às directrizes da nossa hierarquia”.

A nova lei proposta pelo governo socialista permitirá a IVG até ao 14a semana de gestação, inclusivé nos hospitais públicos.

A actual legislação limita este direito aos casos de deformação do feto, violação ou quando esteja em causa a saúde da mãe.

Actualmente praticam-se cerca de 100 mil abortos por ano em Espanha.