Última hora
This content is not available in your region

Um fundo monetário na eurolândia

Um fundo monetário na eurolândia
Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas quer criar um fundo monetário na zona euro, para prevenir crises como a que está a afectar a Grécia.

A Comissão prepara-se para propôr um instrumento de governação que salvaguarde todos os Estados- membros que têm o euro como moeda.

O conceito foi sugerido pelo comissário para os Assuntos Económicos, Olli Rehn, e, durante o último fim-de-semana, encorajado pelo ministro alemão das Finanças, Wolfgang Scheuble.

De acordo com o porta-voz da Comissão Europeia não está ainda definido se será criado um instrumento financeiro ou uma estrutura operacional com uma equipa e um orçamento próprio. O modelo, no entanto, parece ser o do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Olli Rehn propõe-se discutir o assunto o mais brevemente possível com os Estados-membros, mas a criação deste instrumento exige a unanimidade dos Vinte e Sete. O tratado da União poderá ter que ser alterado, o que faz prever um caminho ainda longo a percorrer.

Está fora de questão, no entanto, que o fundo vá servir para ajudar financeiramente a Grécia.