Última hora
This content is not available in your region

Justiça francesa na rua contra reforma penal

Justiça francesa na rua contra reforma penal
Tamanho do texto Aa Aa

“A justiça está em perigo” em França. Quem o diz são os profissionais do sector. Advogados, magistrados e agentes dos serviços judiciais e penitenciários manifestaram-se, esta terça-feira, em Paris, contra a reforma que visa agilizar o processo penal.

Queixam-se igualmente de falta de meios. “Há anos que o orçamento da justiça é insuficiente. Se compararmos, a França está ao mesmo nível da Moldávia, de países que não estão ao nível da França em termos de exigência de direitos do Homem. Por isso, consideramos que a Justiça não tem meios para trabalhar. O que se repercute nas nas condições de trabalho e na qualidade da justiça. Queremos, apenas, uma melhor justiça”, remata Chistophe Vivet, Secretário-geral do Sindicato francês de Magistrados.

Segundo a polícia, ao início da tarde, duas mil e trezentas pessoas tinham respondido à chamada das duas dezenas de sindicatos e associações profissionais, que organizaram também outras acções, como greves e adiamentos de audiências.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.