Última hora

Última hora

Partido de Berlusconi não pode participar nas eleições regionais em Lazio

Em leitura:

Partido de Berlusconi não pode participar nas eleições regionais em Lazio

Partido de Berlusconi não pode participar nas eleições regionais em Lazio
Tamanho do texto Aa Aa

Tribunal Administrativo de Lazio, em Roma, trava Silvio Berlusconi. A instância recusou as listas do PDL, o partido do primeiro-ministro, às eleições regionais. Em Lazio as listas não entraram a tempo na corrida, na Lombardia continham incorrecções. Para contornar a situação Berlusconi propôs um decreto-lei sobre a apresentação de listas eleitorais para permitir ao seu partido participar nos actos eleitorais nas duas regiões.

Os juízes de Lazio não ficaram convencidos e vetaram o decreto-lei, aprovado pelo Presidente da República, baseando-se na Constituição italiana, que dá às regiões do país o poder de editar leis próprias em matéria de eleições locais.

O PDL pode recorrer desta decisão, aliás Roberto Maroni, ministro do interior, diz que em Itália há recursos atrás de recursos e ninguém os nega a ninguém. Acrescenta que só espera que esta situação se resolva rapidamente para evitar o adiamento das eleições.

Enquanto a oposição se manifesta contra Silvio Berlusconi o diário Corriere della Sera divulgou no domingo uma sondagem que mostra uma quebra de popularidade do executivo. Em Fevereiro atingiu um dos níveis mais baixos de sempre.