Última hora

Última hora

Triunfo da abstenção nas regionais faz manchete da imprensa francesa

Em leitura:

Triunfo da abstenção nas regionais faz manchete da imprensa francesa

Triunfo da abstenção nas regionais faz manchete da imprensa francesa
Tamanho do texto Aa Aa

No rescaldo da primeira volta das eleições regionais, em França, as atenções voltam-se agora para o próximo domingo, altura em que as principais forças políticas vão de novo a jogo.

A imprensa nacional destaca a vitória da abstenção e o crescimento da esquerda.

Mais de 50 por cento dos eleitores não compareceram às urnas. Para muitos franceses, estas eleições são um barómetro para Sarkozy.

“Acho que o Partido Socialista recuperou uma parte do eleitorado perdido. Também acho, que mesmo que só uma parte dos franceses tenham votado, este foi um voto de protesto para Sarkozy e o seu partido, o UMP”, diz um eleitor, que completa o raciocínio de um outro votante: “Com uma taxa de abstenção destas, podemos perguntar porque é que ainda se continuam a marcar eleições. Um em cada dois franceses não se interessa por política”.

O Partido UMP, no governo, foi ultrapassado pela esquerda socialista de Martine Aubry, por três pontos.

Os socialistas lideram o escrutínio, mas o primeiro-ministro francês François Fillon confia no voto dos abstencionistas, para um volte-face, no próximo domingo.