Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ciclone Thomas espalha rastro de destruição nas ilhas Fiji

Ciclone Thomas espalha rastro de destruição nas ilhas Fiji
Tamanho do texto Aa Aa

Nas ilhas Fiji foi decretado o estado de catástrofe natural. O ciclone Thomas, de categoria quatro, destruiu várias casas e obrigou, até agora, à evacuação de 17 mil pessoas.

Nesta fase só está confirmada a morte de uma mulher, mas as autoridades temem um aumento dos números, numa altura em que as comunicações foram atingidas. Viti Levu e Yanua Levu, duas das ilhas principais, foram as áreas mais afectadas.

Prevê-se que os ventos possam alcançar velocidades de 280 quilómetros por hora. Por esse motivo, accionou-se o recolher obrigatório e cancelaram-se os voos internacionais. As escolas encontram-se fechadas e os serviços públicos ficaram suspensos.

Os registos indicam que o ciclone estava a gerar ondas de 7,2 metros de altura, tendo sido descrito como uma das tempestades mais poderosas dos últimos anos.

Segundo a meteorologia, o Thomas deve começar a perder intensidade dentro de 12 horas, sem atingir Suva, a capital do arquipélago.