Última hora
This content is not available in your region

Bombeiros espanhóis indignados com polícia francesa

Bombeiros espanhóis indignados com polícia francesa
Tamanho do texto Aa Aa

Os cinco bombeiros espanhóis confundidos com terroristas bascos movimentavam-se numa carrinha vermelha em França. Os soldados da paz foram surpreendidos quando familiares lhes ligaram a contar que estavam a ser procurados pelas autoridades francesas.
 
Por telefone um dos bombeiros relatou um pouco dos momentos pelos quais passou. “Nem sequer nos trataram como alegados terroristas, trataram-nos logo como Etarras. Foi uma acusação gratuita. Essa é a questão, fomos acusados de sermos membros da ETA. Consegue imaginar os momentos pelos quais as nossas famílias passaram”, questionou um dos bombeiros.
 
O director-geral da polícia gaulesa justifica o engano.“Como viu as imagens não são perfeitas, são de uma câmara de segurança e percebemos que as pessoas têm um perfil muito semelhante. São jovens e falam espanhol e isto explica a confusão”, referiu Frederic Pechenard.
 
As autoridades consideram agora a ETA um problema interno. A polícia continua à procura do grupo de etarras que baleou mortalmente um agente, na terça-feira.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.