Última hora

Novas caras no governo francês após derrota da UMP nas regionais

Novas caras no governo francês após derrota da UMP nas regionais
Tamanho do texto Aa Aa

Já começou o “jogo de cadeiras” no executivo francês, depois da derrota da maioria parlamentar nas eleições regionais de domingo.

Um dos primeiros nomes anunciados, foi o do novo ministro do Orçamento, François Baroin, actual vice-presidente da Câmara de Troyes pela UMP de Sarkozy.

Eric Woerth, que ocupava o cargo, passa para a pasta do Trabalho e dos Assuntos Sociais, o que significa a saída do actual titular Xavier Darcos.

O deputado da UMP Marc-Philippe Daubresse é nomeado ministro da Juventude e das Solidariedades Activas.

Os nomes foram avançados depois do presidente e do primeiro-ministro se reunirem para coordenar uma resposta aos fracos resultados eleitorais, que conferiram à esquerda 23 das 26 regiões francesas. A UMP passa a controlar apenas a Alsácia e duas regiões ultramarinas.

Mais do que uma remodelação, a líder do Partido Socialista – principal força da oposição – reclamou uma mudança de rumo nas políticas do governo.

Martine Aubry classificou os resultados eleitorais como uma prova de que os franceses “rejeitam a política” de Sarkozy e Fillon.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.