Última hora
This content is not available in your region

Aprovada versão final da reforma de saúde americana

Aprovada versão final da reforma de saúde americana
Tamanho do texto Aa Aa

O Congresso dos Estados Unidos aprovou, esta quinta-feira, a versão final do projecto de reforma do sistema de saúde, de Barack Obama.

Embora já tivessem sido aprovadas as emendas, votadas na Câmara dos Representantes, a oposição republicana obrigou a nova votação, madrugada a dentro, ao detectar no texto duas cláusulas que violavam os procedimentos legislativos na Câmara Alta.

Cumprido o último passo legislativo o texto da lei segue para a promulgação do presidente americano, Barack Obama.

As alterações feitas no documento referem-se aos benefícios estendidos aos idosos, às pessoas de baixos rendimentos e às famílias da classe média.

Aquela que é a reforma histórica vai contemplar mais de 32 milhões de americanos que até agora estavam excluídos da assistência médica.

A longa batalha de Obama para tornar a reforma numa realidade parece não desgastar o presidente que vai percorrer todos os Estados, para defender e explicar a lei, junto da opinião pública.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.