Última hora

Governo tailandês sob pressão

Governo tailandês sob pressão
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 80 mil pessoas manifestaram-se em Banguecoque para reclamarem novas eleições no país. O movimento, que já dura há duas semanas, concentrou os protestos em sete regiões da capital, onde havia postos de segurança das tropas do governo.

O primeiro-ministro tailandês, Abhisit Vejjajiva, que enfrenta a pressão da rua para se demitir diz aceitar as reivindicação dos sus opositores os “camisas vermelhas” para iniciar negociações com vista a procurar uma saída para a atual crise.

Esta manhã dois engenhos de fraca potência explodiram frente aos edifícios de duas televisões locais sem ter no entanto causado graves danos.

A primeira bomba deflagrou diante do canal local NTV e causou ferimentos a várias pessoas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.