A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grécia lança obrigações nos EUA

Grécia lança obrigações nos EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia partiu à caça dos investidores norte-americanos.

O país acaba de lançar uma oferta de obrigações nos Estados Unidos, com a qual espera arrecadar parte dos 10 mil milhões de euros de que precisa para liquidar as dívidas que estão a chegar ao fim e pagar os devidos juros.

É a primeira vez que a Grécia chega ao mercado obrigacionista com um estatuto de país emergente. Os papéis gregos já pagam juros mais altos que países como o Brasil.

O ministro das Finanças, George Papaconstantinou, começa no dia 20 deste mês um percurso pelos Estados Unidos para promover estas novas obrigações.

Segundo uma agência de informação americana, a Grécia está a tentar evitar o empréstimo do FMI decidido na última cimeira europeia, com medo que esta operação tenha contrapartidas demasiado duras.

A crise está a atingir em cheio os bancos gregos, com muitos clientes a preferir depositar dinheiro em bancos estrangeiros estabelecidos no país, ou então a abrir contas no estrangeiro. Nos dois primeiros meses do ano, saíram da Grécia oito mil milhões de euros.