Última hora

França vence Espanha, na disputa por Dali

França vence Espanha, na disputa por Dali
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pode parecer mais uma excentridade de Salvador Dali – mas é um diferendo estre as justiças francesa e espanhola, agora com decisão da Justiça europeia.

A França tem razão, dizem os juizes do Luxemburgo.

Salvadior Dali legou, em testamento, todos os seus direitos sobreviventes, ao Estado espanhol, através da adminiiistração da Fundação Gala-Salvador Dali.

Os herdeiros naturais, num momento de aflição financeira, venderam obras do pintor catalão, em França, operação contestada pelo Estado Espanhol.

Numa primeira instância, o caso foi julgado pela justiça francesa que deu razão aos herdeiros. De acordo com a legislação francesa, os direitos de sucessão não podem ser transmitidos por testamento.

Espanha recorreu para a justiça europeia que agora proferiu o veredicto. A lei francesa está de acordo com a europeia. Logo, o testamento de Dali é nulo, ao rdirecionar para o Estado, direitos dos seus herdeiros naturais.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.