Última hora

Polónia homenageia vítimas da tragédia aérea

Polónia homenageia vítimas da tragédia aérea
Tamanho do texto Aa Aa

Houve profunda emoção, em Varsóvia, durante uma cerimónia religiosa que sufragou as 96 vítimas da tragédia aérea de há uma semana.

Entre as vítimas, o presidente Lech Kaczinski e a mulher Maria.

A filha ocupou lugar na primeira fila de uma multdão que lotou a Praça de Pilsudski.

Uma enchente destas proporções só tem um antecedente: a missa campal aqui celebrada pelo Papa João Paulo II,em 1979

A cerimónia, que teve uma duração de quatro horas, começou com a leitura de um extracto do Apocalipse, segundo S. João.

O ex-presidente Lech Walesa participou nas exéquias,, tal como primeiro-ministro Donald Tusk

Os funerais protocolares estão marcados para amanhã, em Carcóvia, com a presença de mais de 100 altos dignitários de Estado. Entre eles, poderá estar Barack Obama.

Momento profundamente emocial aconteceu às 8 e 56. No exacto momento em que passava uma semana sobre o acidente, ouviram-se as sirenes, por toda a Polónia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.