Última hora

Cipriotas turcos votam em presidenciais cruciais para as negociações de reunificação

Cipriotas turcos votam em presidenciais cruciais para as negociações de reunificação
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A República Turca do Norte do Chipre escolhe hoje um novo presidente.

O escrutínio no território – não reconhecido internacionalmente – é crucial para o futuro das negociações sobre a reunificação da ilha e das relações entre a Turquia e a União Europeia.

As últimas sondagens davam 10 pontos de vantagem ao actual primeiro-ministro Dervis Eroglu.

O líder conservador prometeu que não vai abandonar o diálogo iniciado em Outubro de 2008 com os cipriotas gregos, sob a égide das Nações Unidas. Mas o seu Partido da Unidade Nacional não esconde a preferência pelo “status quo” actual.

O presidente Mehmet Ali Talat, que luta pelo segundo mandato, sublinhou durante a campanha que a vitória do rival significará o fim de 19 meses de negociações com a República de Chipre, membro da União Europeia. Talat acredita que a sua reeleição é vital para as aspirações europeias de Ankara.

A ilha está dividida desde 1974, quando a Turquia invadiu o norte do Chipre depois de um golpe de estado fomentado por nacionalistas cipriotas gregos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.