Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Omar Al-Bashir mantém-se no poder

Omar Al-Bashir mantém-se no poder
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente sudanês foi reeleito para um novo mandato nas primeiras eleições pluripartidárias em mais de duas décadas.
Omar Al-Bashir, alvo de mandado de captura por parte do Tribunal Penal Internacional, conseguiu 68,24% dos votos.

Uma vitória esperada face à desistência dos dois principais adversários.

Acusado de crimes contra a humanidade por causa dos massacres do Darfur, o actual presidente continua a desafiar as grandes potências internacionais que exigem o cumprimento do mandato de prisão.

Depois de 24 anos sem a realização de eleições, a população sudanesa depositava grandes esperanças neste escrutinio e ambicionavam a criação de uma corrente política forte de oposição.

Na região semiautónoma do Sudão do Sul, Salva Kiir foi reeleito com 92,9% dos votos.Kiir, líder dos antigos rebeldes do Movimento Popular de Libertação do Sudão recebeu 92,9%.

Kiir tinha apenas um adversário neste escrutínio, Lam Akol, antigo membro da rebelião sudista que mudou a sua posição.
O Sul-Sudão região rica em petróleo vai às urnas dentro de oito meses para um um referendo sobre a sua independência.