Última hora

Médico chinês que apunhalou crianças foi executado

Médico chinês que apunhalou crianças foi executado
Tamanho do texto Aa Aa

O cirurgião chinês que há um mês apunhalou treze crianças foi hoje executado.

A 23 de Março, Zheng Misheng atacou várias crianças à porta de uma escola primária. Oito acabaram por morrer.

O médico foi condenado à pena capital a oito de Abril. A sentença foi executada, hoje, na província de Fujian, nordeste da China.

Segundo a polícia, o cirurgião levou a cabo o ataque depois de ter terminado uma relação. Mas, no ano passado, demitiu-se da clínica onde trabalhava, alegando ter problemas de saúde mental. Para o tribunal, o argumento não foi tido em conta por não haver provas.

O caso chocou o país. Zheng Misheng chegou a confessar querer matar 30 crianças.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.