Última hora

Última hora

Khodorkovski em greve de fome contra prolongamento da detenção

Em leitura:

Khodorkovski em greve de fome contra prolongamento da detenção

Khodorkovski em greve de fome contra prolongamento da detenção
Tamanho do texto Aa Aa

Mikhail Khodorkovski iniciou uma greve de fome para protestar contra o que considera uma decisão ilegal de prolongar a sua detenção numa prisão de Moscovo.

O antigo magnata russo do petróleo, condenado em 2005 a oito anos de cadeia, é alvo de um novo processo por fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Um dos advogados de Khodorkovski diz que “já que não foi possível obter resultados por via legal, ele foi forçado a tomar uma medida extrema” e acrescenta que esperam “que a mensagem seja finalmente ouvida e que isso não afecte o estado do cliente”.

Num apelo ao presidente do Supremo Tribunal, Khodorkovski denuncia a extensão por três meses do período de prisão preventiva, quando se preparava para pedir liberdade condicional.

O ex-magnata do petróleo, derrubado na era de Putin, sublinha que o presidente Dmitri Medvedev efectuou este ano emendas ao Código Penal, segundo as quais a prisão preventiva só pode ser atribuída a suspeitos de crimes de natureza económica em casos nos quais ele não se insere.