Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Mau tempo continua a fustigar a Europa Central

Mau tempo continua a fustigar a Europa Central
Tamanho do texto Aa Aa

Esta quarta-feira, um tornado e a queda de granizo provocaram vários prejuízos na província da Baixa Áustria e Burgenland.

Uma mulher morreu afogada ao cair num rio e um homem ficou em estado de choque e não resistiu a um ataque cardíaco.

Várias casas e carros foram atingidos pela queda de árvores e por objectos arrastados pela força do vento.

A chuva promete dar tréguas aos austríacos nos próximos dias.

Situação contrária vive a Alemanha. O nível de alerta de inundação foi aumentado na região de Brandeburgo, na fronteira com a Polónia, onde as águas do Oder e do afluente Neisse sobem mais rapidamente do que o esperado.

“Do lado polaco, a situação é mais complicada porque a cidade de Slubice está dois metros abaixo do rio Oder. Isto quer dizer que o caudal vai aumentar e não me refiro a 50 ou 60 centímetros mas em dois ou dois metros e meio. Por isso são previstos grandes danos e o presidente da Câmara já pediu à população que abandone a cidade a partir de sexta-feira, disse o porta-voz de Frankfurt an der Oder, Sven Henrik Häseker.

As autoridades calculam que o risco de inundação do Oder poderia ser antecipado para quinta-feira e com repercussões em Berlim, já que o Oder alimenta o rio Spree que atravessa a capital.

Os alertas estão a ser levados a sério. Os habitantes de Slubice localizada nas margens baixas do Oder estão preparados para o pior.