Última hora
This content is not available in your region

Mundo islâmico condena atentado

Mundo islâmico condena atentado
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de uma primeira manifestação, junto do Consulado Geral de Israel, uma multidão concentrou-se, no centro de Istambul, para repudiar o ataque da armada israelita, contra navios humanitários.

Os manifestantes gritavam palavras de ordem contra Israel, acusando o estado hebraico de ter cometido um “crime horrível”.

E consideraram que a causa palestiniana também é deles, como disse uma manifestanate:

“A Palestina é uma causa de todos nós.Nós podemos ser muçulmanos, mas começamos por ser humanos, por isso, defendemos Gaza e condenamos este ataque. E, para isso, não é preciso ser muçulmano. Não é possível aceitar o que Israel fez hoje. Não é fácil de tolerar”.

Às primeiras horas da manhã desta segunda-feira, centenas de manifestantes tinham-se concentrado nas imediações do Consulado Geral de Israel, em Istambul.

A polícia conseguiu manter a multidão à distância, usando de todos os meios, incluindio canhões de água.

Em Aman, a capital da Jordânia, também uma multidão protestou contra o ataque, pedindo a punição de Israel. Havia 24 jordanos a bordo da frota.

Da Jordânia para o Líbano, em Beirute, milhares de pessoas exigiram a responsabilização de Israel, pedindo à comunidade internacional que retire consequências deste ataque.

Esta manifestação incorporou centenas de estudantes palestinianos que frequentam universidades libanesas.

Em todos os protestos foi pedida a expulsão dos embaixadores israelitas, das capitais árabes.