Última hora

Última hora

Erdogan endurece tom contra Israel

Em leitura:

Erdogan endurece tom contra Israel

Erdogan endurece tom contra Israel
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro turco reiterou esta terça-feira, no parlamento, a condenação ao ataque desencadeado pelas forças israelitas contra a frota da ajuda humanitária para Gaza.

Recep Tayyp Erdogan usou palavras muito duras contra o Estado hebraico, numa reunião da comissão parlamentar do seu partido:

“Estou muito triste por ter que dizer que aquilo que se viveu ontem é uma mancha negra para civilização e para a cultura comum da Humanidade. É uma vergonha para a história da Humanidade. O facto de se massacrar inocentes e tratá-los como terroristas é uma arrogância cobarde e um silêncio para a Humanidade”, afirmou, acrescentando:

“Ninguém deve desejar pôr à prova a paciência da Turquia. Se a amizade da Turquia é muito importante, o facto de ela se tornar inimiga de um país é muito perigoso também. Um Estado que atrai o ódio do mundo, não pode garantir a segurança do seu povo”.

A revolta contra Israel é patente em toda a sociedade turca. Na segunda-feira, as manifestações eclodiram um pouco por todo o país e mantém-se ainda.

Em Ancara, foi frente à residência do embaixador israelita onde a polícia tentou dispersar os manifestantes esta manhã; em Istambul, junto ao consulado de Israel.