Última hora
This content is not available in your region

Mais uma batalha para Angela Merkel

Mais uma batalha para Angela Merkel
Tamanho do texto Aa Aa

Depois da derrota da CDU no estado de Norte Vestefália, a coligação entre liberais e conservadores viu-se confrontada com a demissão inesperada, no início da semana, do chefe de Estado.

O novo presidente deverá ser designado no fim do mês pelo parlamento.

O candidato do governo é o primeiro-ministro da Baixa Saxónia:

Estou ansioso por começar esta nova tarefa. Penso que, enquanto presidente, podemos unir as pessoas, fazer algo em prol da coesão da nossa sociedade e criar um certo optimismo em tempos dificeis. Claro que estou um pouco triste com a demissão de Horst Köhler e é claro que também estou um pouco triste por não poder continuar o meu trabalho na Baixa Saxónia”.

A oposição apoia a candidatura independente de Joachim Gauck. Um pastor protestante que liderou a investigação aos arquivos da Stasi e que goza de elevada popularidade.

Mas a eleição de Christian Wulff um peso pesado da CDU está praticamente garantida. Conservadores e liberais têm a maioria no parlamento alemão.