A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protesto mundial contra Israel

Protesto mundial contra Israel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de activistas reuniram-se em vários países este sábado para protestar contra a acção militar israelita.

Em Istambul, na Turquia eram milhares a gritar palavras de ordem contra o Estado hebraico. As vítimas da intervenção militar israelita contra a frota, na segunda-feira, eram todas turcas, por isso Ancara decidiu manter ao mínimo todos os laços com Israel.

Na Alemanha, cerca de cinco mil pessoas reuniram-se na cidade de Duisburg. O protesto foi organizado pelo movimento islamita Milli Gorus, de raízes turcas. Em Dusseldorf também houve uma manifestação, que juntou quase mil palestinianos e turcos. Frankfurt também foi palco de um protesto. Na Alemanha, a comunidade turca tem um peso muito importante.

Em França, a cidade de Lyon viu entre seis mil pessoas, segundo a polícia, e 30 mil, de acordo com a organização, protestar contra Israel. “Devolver a Liberdade aos Palestinianos” foi uma das palavras de ordem.

Também em Londres as vozes levantaram-se contra o Estado hebraico. Os manifestantes marcharam de Downing Street, residência do primeiro-ministro, em direcção à embaixada israelita.