Última hora
This content is not available in your region

Militares confiantes na mudança de líder no Afeganistão

Militares confiantes na mudança de líder no Afeganistão
Tamanho do texto Aa Aa

A estratégia contra os taliban mantém-se, apesar da substituição do comandante das tropas internacionais no Afeganistão.

O general Stanley McChrystal passa o testemunho a David Petraeus na pior altura. O mês de Junho foi o mais mortífero em oito anos e meio. 79 soldados morreram em apenas três semanas.

Os militares reagem com serenidade. “Penso que o moral vai manter-se. Os comandantes vão e vêm, mas o exército tem uma boa liderança em geral. As tropas estão confiantes no talento do general Petraeus”, afirma o capitão Karvin Krupski, do pelotão norte-americano.

O presidente afegão mostrou disponibilidade para trabalhar com Petraeus, ainda que McChrystal gozasse de forte popularidade por ter reduzido o número de baixas civis no conflito.

Mas o analista afegão Haroon Mir sugere: “Os afegãos estão confiantes de que o general Petraeus vai fazer ainda melhor do que McChrystal porque ele tinha algumas fraquezas como, por exemplo, a relação com o governo afegão e com o resto dos países da NATO”.

Em comunicado, os taliban consideraram que a troca de generais não resolve o conflito no país e prometem continuar a lutar até expulsarem as tropas internacionais.

David Petraeus está actualmente na chefia do Comando Central, que controla todas as operações norte-americanas no estrangeiro. Notabilizou-se no Iraque, onde, em 2007, assumiu o comando da Força Multinacional de Segurança.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.