Última hora
This content is not available in your region

Atentado na Grécia provoca um morto

Atentado na Grécia provoca um morto
Tamanho do texto Aa Aa

Um engenho armadilhado explodiu no coração do aparelho de segurança grego. O atentado ocorreu no Ministério da Ordem Pública, em Atenas que acolhe a sede da polícia. O engenho colocado num pacote armadilhado provocou a morte ao chefe da segurança do ministro que tutela a Protecção do Cidadão:

“Voltamos a dizer que não temos medo nem estamos aterrorizados. Vamos continuar a lutar para garantir a segurança dos nossos cidadãos, bairros e cidades e para que os assassinos cobardes sejam julgados” afirma Michalis Chryssohoidis.

O ataque ainda não foi reivindicado. O engenho explodiu no sétimo andar e a hipótese de existir um cúmplice interno não está excluída. O atentado ocorre numa altura de forte contestação social.

“Tudo o que acontece no país tem as suas consequências. O turismo é a nossa principal indústria e, este tipo de acções, juntamente com a crise vão afectar o turismo” afirma uma grega.

A explosão deu-se num gabinete situado a poucos metros do escritório do ministro da Protecção do Cidadão. Uma figura emblemática na luta contra o terrorismo.