Última hora

Última hora

Obama já sabia das detenções quando recebeu Medvedev

Em leitura:

Obama já sabia das detenções quando recebeu Medvedev

Obama já sabia das detenções quando recebeu Medvedev
Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama já estava ao corrente do caso dos espiões russos quando recebeu a visita de Dimitri Medvedev.

A Casa Branca fornece poucos detalhes sobre a operação mas confirma que o presidente recebeu informação sobre as detenções.

Já foi revelada a identidade de alguns dos onze suspeitos. É o caso de Anna Chapman que tinha uma página na rede social Facebook.

Washington minimiza a importância do caso:

“Estamos a avançar para uma relação de maior confiança. Ultrapassámos a guerra fria. As nossas relações demonstram-no bem e penso que ninguém ficou chocado com a existência de vestígios de tentativas de espionagem”.

A Rússia nega as acusações da justiça norte-americana.

O director da Fundação Nova Eurásia, sedeada em Moscovo, considera que o caso dos espiões pode piorar as relações entre os dois países.

“Tanto na Rússia como nos Estados Unidos há forças muito cépticas sobre a melhoria das relações entre os dois países, pensam que a melhoria é instável, que continua a haver antagonismo e que não é possível confiar no outro lado”.

Moscovo já acusou várias vezes as potências ocidentais de espiarem o país, apesar do fim da Guerra Fria. As autoridades russas são suspeitas, por seu turno, de espionagem comercial e científica.