Última hora
This content is not available in your region

Encontro israelo turco foi pedido pelo Estado hebreu

Encontro israelo turco foi pedido pelo Estado hebreu
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro encontro ministerial israelo turco depois do ataque à frota humanitária que se dirigia para Gaza foi pedido pelo Estado hebreu.

Essa foi a mensagem transmitida pelo chefe da diplomacia turca ao Parlamento:

“O ministro israelita do Comércio, Indústria e Trabalho, Benjamin Ben Eliezer, enquanto enviado especial do primeiro-ministro israelita pediu a reunião e nós acedemos. Fizemos o que devia ser feito. Dissemos-lhe cara a cara quais são as nossas exigências” afirma Ahmet Davutoglu.

Para reatar as relações, Ancara exige a Israel um pedido de desculpas, o pagamento de indemnizações às famílias das vítimas do ataque à frota humanitária, a criação de uma comissão de inquérito independente e internacional para apurar responsabilidades e o levantamento do embargo a Gaza.

A reaproximação à Turquia provocou uma crise no Governo israelita já que o chefe da diplomacia do Estado hebreu não foi previamente informado do encontro.

O assalto aos barcos que pretendiam furar o bloqueio ao enclave palestiniano provocou a morte a nove activistas e gerou uma onda de protesto em todo o mundo.

Os Estados Unidos já se congratularam com a retoma do contacto entre os dois países.