Última hora
This content is not available in your region

Mississípi com praias desertas

Mississípi com praias desertas
Tamanho do texto Aa Aa

As praias do Mississípi, nos Estados Unidos, estão praticamente desertas.

A maré negra no Golfo do México alterou a rota dos turistas e muitas lojas estão vazias.

Os comerciantes esperam a desesperam numa altura em que as fontes de rendimento escasseiam.

Muitos já perderam o emprego, outros garantem que para lá caminham.

Um comerciante lembra que esta área era fantástica com gente em todo o lado. “Antes aquela praia ali estaria tão cheia, que as pessoas teriam de estender a toalha num canto qualquer. Agora e com um tempo como o de hoje não se vê nada disso. A praia é um negócio, mas ainda não vendi nada. Antes podia vender entre 50 a 100 bóias. Agora as pessoas têm medo da água.”

Para os comerciantes, o derrame de petróleo no Golfo do México não é apenas uma catástrofe ambiental, mas também económica.

Para atrair pessoas, os donos dos restaurantes apostam em novas estratégias:

“Temos vindo a fazer promoções e a organizar festas privadas. Eventos para compensar os prejuízos e para dar algum lucro.”

Enquanto isso, as equipas de limpeza fazem o que podem no combate à maré negra.

Ao Golfo do México chegou, entretanto, um petroleiro com mais de 300 metros de comprimento e dez andares de altura.

“A Baleia” como é conhecido tem capacidade para recolher 500 mil barris de água contaminada por dia.