Última hora
This content is not available in your region

Produtores de leite mantêm pressão sobre ministros da Agricultura

Produtores de leite mantêm pressão sobre ministros da Agricultura
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de produtores europeus manifestaram-se em Bruxelas para exigir um preço digno para o leite. Um protesto para recordar a difícil situação do sector aos ministros europeus da Agricultura, reunidos para analisar as conclusões do relatório sobre o sector leiteiro, pedido há quase um ano.

Um agricultor explicou que “o custo de produção é de 45 cêntimos por litro” e vendem o leite a 20 ou 30 cêntimos. Por isso, a cada litro que produzem perdem dinheiro.

Para evitar a queda dos preços, os produtores garantem que é necessário manter as quotas leiteiras, cuja supressão total está prevista para 2015. Não se contentam com a proposta de regulamentação dos contratos entre agricultores e os industriais, que visa a dar mais peso aos produtores na hora de fixar o preço.

A necessidade de acção é partilhada pelos ministros europeus do sector, como explica a responsável belga, Sabine Laruelle: “O conjunto dos colegas a nível europeu reconheceu que é preciso tornar o sector mais competitivo. Uma maioria notou também que é necessário reforçar o poder de negociação dos agricultores”.

A resposta dos ministros é um novo episódio na guerra europeia do leite, que os produtores iniciaram no Outono passado.