Última hora

Dissidentes cubanos desembarcaram em Madrid

Dissidentes cubanos desembarcaram em Madrid
Tamanho do texto Aa Aa

Esperados pelos familiares, os sete primeiros presos políticos autorizados a abandonar Cuba, no âmbito de um acordo conseguido pela diplomacia espanhola, já estão em Madrid.
  
Segundo a Igreja Católica de Cuba, que também mediou este acordo, nove outros prisioneiros políticos aguardam em Havana a partida para Espanha.
 
Cuba anunciou a libertação, num prazo máximo de quatro meses, de 52 opositores que permaneciam detidos desde a vaga repressiva de Março de 2003.   
 
As libertações de presos são as mais importantes desde a chegada ao poder de Raúl Castro, que em 2006 substituiu o seu irmão Fidel.
 
 

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.