Última hora
This content is not available in your region

França aprova projecto lei que proibe uso de véu islâmico

França aprova projecto lei que proibe uso de véu islâmico
Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento francês aprovou hoje, por esmagadora maioria o projecto de lei contra o uso do véu islâmico integral (burqa ou niqab) em espaços públicos.

O resultado não deixa dúvidas. O texto foi aprovado por 335 votos e um voto contra, na Assembleia Nacional.

Para a ministra da justiça francesa, os valores nacionais saíram reforçados deste encontro.

“A aprovação desta lei contra a ocultação do rosto é um sucesso a dobrar. Primeiro para a democracia, mas também é um sucesso para a República e para os valores que ela representa. Valores de liberdade contra toda a opressão que procura humilharem as pessoas”.

O texto que será apresentado, em Setembro, no Senado, abrange 2000 mil mulheres em cinco milhões de muçulmanos, segundo as autoridades gaulesas.

Entretanto o Conselho de Estado, tem algumas reservas quanto à proibição generalizada, como é o caso das ruas. A mais alta jurisdição administrativa do país recomenda a limitação da proibição a alguns locais públicos, serviços administrativos, transportes e comércios.

A França assume-se como o segundo país europeu a colocar restrições no uso do véu islâmico, depois da Bélgica.