Última hora
This content is not available in your region

Haia ordena repetição do julgamento de Haradinaj

Haia ordena repetição do julgamento de Haradinaj
Tamanho do texto Aa Aa

O julgamento do antigo primeiro-ministro do Kosovo vai ser repetido.

Em 2008, Ramush Haradinaj foi ilibado de todas as acusações por falta de provas.

O Tribunal para a ex-Jugoslávia alega, agora, que as testemunhas foram intimidadas e que a justiça falhou na apreciação da gravidade dos factos.

“A acusação garantiu que as testemunhas tinham informações sobre os três arguidos, mas recusaram testemunhar por medo” afirma o presidente do tribunal, Patrick Robinson.

O antigo chefe do Governo kosovar foi a tribunal, juntamente, com dois dos seus antigos comandantes do Exército de Libertação do Kosovo. Os três arguidos acusados de crimes de guerra acabaram por ser ilibados.

A interposição de um recurso carimbou o regresso a Haia. A repetição do julgamento, ainda, não tem data marcada.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.