Última hora
This content is not available in your region

Madrid pretende habilitar militares para controlo de aeroportos civis

Madrid pretende habilitar militares para controlo de aeroportos civis
Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol acusou os controladores de tráfego aéreo do Leste do país de organizarem baixas médicas para pressionar a negociação de uma nova convenção colectiva de trabalho.

Nos últimos dias, um número desproporcionado de baixas provocou atrasos e anulações de voos de e para vários aeroportos espanhóis, sobretudo na região de Barcelona.

Madrid está disposta habilitar controladores militares, se a situação persistir.

O ministro espanhol do Fomento, José Blanco, afirmou que é possível “treinar os controladores militares de tráfego aéreo imediatamente para trabalharem se for necessário”.

No entanto, representantes dos controladores militares defendem que não podem dirigir a curto prazo aeroportos com bastante tráfego e que a formação de efectivos pode durar semanas ou meses, não resolvendo assim o problema dos veraneantes confrontados com atrasos e cancelamentos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.