Última hora

BP apresenta novo presidente

BP apresenta novo presidente
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

“A BP não tem culpa do que aconteceu mas vai fazer os possíveis por remediar a catástrofe” – As declarações datam de Maio deste ano e foram feitas pelo então presidente da BP, Tony Hayawrd.

Desde então, muita água, ou melhor, muito petróleo correu e a verdade é que a BP assume cada vez mais as culpas do derrame no Golfo do México.

A prova é que o homem-forte do grupo acaba de ser substituído pelo norte-americano Bob Dudley, que promete uma nova era para a BP: “Não há dúvidas de que vamos aprender muito com este acidente no Golfo. É algo que afecta pessoas, equipamento e várias empresas. Claro que vamos aprender com isso, não só a BP, como a indústria em geral e vai haver mudanças”, disse pouco depois de assumir o posto.

Quem não desarma é a organização ambientalista Greenpeace, que lançou um ataque organizado às bombas da BP.

Além de cobrir o logótipo com uma imagem que mostra o símbolo da empresa coberto por petróleo derramado, os activistas da BP conseguiram paralisar 50 bombas na região de Londres. Pedem à BP que cumpra o que prometeu, adoptando uma estratégia mais ecológica.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.