Última hora

Comboio Glacier Express terá descarrilado por excesso de velocidade

Comboio Glacier Express terá descarrilado por excesso de velocidade
Tamanho do texto Aa Aa

Um erro humano terá provocado o descarrilamento do conhecido comboio turístico Glacier Express, a 23 de Julho, na Suíça.

De acordo com um inquérito, o condutor da composição fazia a viagem entre Zermatt e Saint-Moritz com excesso de velocidade, o que acabou por matar uma turista japonesa de 64 anos.

A justiça continua a investigar o caso, mas nesta fase discutem-se possíveis indemnizações para as vítimas do acidente.

“O cantão de Valais lamenta profundamente esta tragédia e pedimos desculpas sinceras a todos os envolvidos. Desejamos força e coragem suficiente para ultrapassar este momento difícil”, diz Jacques Melly, vice-presidente do cantão de Valais.

Os meios de comunicação social Japoneses têm criticado as autoridades suíças por terem permitido a reabertura do Glacier Express, dois dias depois do acidente e sem clarificar as causas do mesmo.

Além de uma vítima mortal, quarenta e duas pessoas ficaram feridas no descarrilamento de três carruagens do comboio. Oito continuam no hospital.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.