Última hora
This content is not available in your region

Londres também já dá ao pedal

Londres também já dá ao pedal
Tamanho do texto Aa Aa

Londres tem um sistema de livre-serviço de bicicletas a partir desta sexta-feira. A iniciativa do presidente da câmara, Boris Johnson, permite à capital britânica dotar-se de um sistema que já existe em várias cidades europeias. Actualmente a rede conta 400 estações espalhadas entre Notting Hill e a Torre de Londres.

Boris Johnson, presidente da câmara de Londres:

“Penso que esta revolução ciclista vai ajudar a resolver todos os tipos de problemas da sociedade: a poluição, vai ajudar-nos a manter a forma, vai ajudar-nos a lutar contra a praga da obesidade ou “sociedade gorda” como às vezes é confusamente designada.”

O acesso às bicicletas faz-se mediante o pagamento de um passe, que pode ser diário, semanal ou anual, além do aluguer que só se começa a pagar depois da primeira meia-hora.

Nas ruas, por enquanto, as opiniões estão divididas:

“Qualquer coisa que faça as pessoas deixar de conduzir, como este tipo de sistema, é positivo. É rápido e parece que colocaram estações por todo o lado.”

“Penso que as bicicletas são perigosas porque em Londres morre muita gente de bicicleta, mas se se for um bom ciclista, experimentado e seguro, então é uma boa ideia.”

Quando estiver a funcionar em pleno, as autoridades londrinas estimam o número de viagens diárias de bicicletas em cerca de 40.000.