Última hora

Última hora

Chavéz ausente na tomada de posse do homólogo da Colômbia

Em leitura:

Chavéz ausente na tomada de posse do homólogo da Colômbia

Chavéz ausente na tomada de posse do homólogo da Colômbia
Tamanho do texto Aa Aa

À falta do presidente Hugo Chavéz é Nicolas Maduro, o ministro venezuelano dos Negócios Estrangeiros, quem comparece este sábado à cerimónia de tomada de posse do novo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos.

Os dois países romperam relações diplomáticas a 22 de Julho. Daí para cá o processo tem sido mediado pelo presidente brasileiro Lula da Silva e também por Nestor Kirchner, secretário-geral da União de Nações Sul-americanas.

Hugo Chavéz mostra-se confiante numa mudança: “Nicolas Maduro viajou para Bogotá para comparecer à cerimónia de investidura do presidente José Manuel dos Santos. Tem uma missão que foi muito discutida com o secretário-geral da União de Nações Sul-americanas, Nestor Kirchner, que também se deslocou a Bogotá. Estamos optimistas. Temos de seguir em frente”, disse o presidente venezuelano.

As preparações para a cerimónia de tomada de posse do novo presidente da Colômbia revestiram-se de um forte dispositivo de segurança.

Chávez já deixou claro que espera ter um melhor relacionamento com o novo chefe de Estado, já que com o antecessor, Álvaro Uribe, as relações foram-se deteriorando, principalmente depois depois deste acusar a Venezuela de abrigar guerrilheiros.

Ainda esta sexta-feira, o advogado de Uribe, Jaime Granados, também confirmou a denúncia contra o presidente venezuelano perante o Tribunal Penal Internacional e um processo contra o Estado da Venezuela perante a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH).

Tudo aconteceu horas antes de Uribe deixar o poder e passar a pasta ao antigo ministro da Defesa da Colômbia.