Última hora
This content is not available in your region

Presidente paquistanês visita os sinistrados

Presidente paquistanês visita os sinistrados
Tamanho do texto Aa Aa

As cheias mortíferas no Paquistão duram há duas semanas, mas o presidente Asif Ali Zardari foi ao terreno apenas agora. Zardari regressou na terça-feira da viagem pela Europa, que manteve apesar do país enfrentar uma catástrofe que fez 1600 mortos. As críticas não tardaram.

Esta quinta-feira deslocou-se à cidade de Sukkur, na província de Sindh, para ver a amplitude da tragédia e encontrar alguns sinistrados, que se queixam da falta de ajuda e da forma como o governo está a gerir a crise.

A ONU lançou um apelo para juntar 350 milhões de euros para ajudar 14 milhões de pessoas atingidas. Há seis milhões a precisar de auxílio para sobreviver.

A comunidade internacional mobiliza-se. A Austrália enviou o primeiro de dois aviões com ajuda para cerca de dez mil famílias.

Os Estados Unidos esses vão triplicar o número de helicópteros no terreno. Washington tem interesse em ajudar o aliado e evitar que os islamistas aproveitem a tragédia para ganhar poder.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.