Última hora
This content is not available in your region

Rússia luta contra especulação do preço dos cereais

Rússia luta contra especulação do preço dos cereais
Tamanho do texto Aa Aa

Das cinzas renasce a cooperação. Barack Obama comprometeu-se a enviar equipamentos e meios aéreos para ajudar na luta contra os incêndios na Rússia, que já consumiram 800 mil hectares de florestas desde o fim de Julho.

A pior onda de calor dos últimos 130 anos provocou a perda de quase 25 por cento das plantações de cereais, num país que é o terceiro maior exportador de trigo do mundo. Por isso, o governo quer evitar, a todo o custo, o aumento do preço dos cereais.

“É necessário que os comerciantes desonestos compreendam que mais vale agirem de acordo com a lei”, avisou o primeiro-ministro, Vladimir Putin. “Caso contrário, terão de enfrentar multas bem mais importantes do que os lucros que poderiam obter com a especulação”, completou.

Para lutar contra a especulação, Moscovo decidiu impor um embargo à exportação de cereais a partir de domingo e até 31 de Dezembro. Ainda assim, o preço do pão já subiu no fim de Julho. As multas anunciadas contra os especuladores podem ir até 15 por cento do volume de vendas anual.

A nível internacional, a pressão sobre os preços dos cereais é cada vez maior. A Ucrânia, o maior exportador do mundo de cevada, está a pensar impor quotas à exportação do trigo e da cevada. Os Estados Unidos já reviram em alta as exportações do trigo.