Última hora
This content is not available in your region

Alemanha quer lei contra "Big Brother" no Facebook

Alemanha quer lei contra "Big Brother" no Facebook
Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha quer proibir o uso de câmaras de filmar para vigiar os trabalhadores. O governo apresentou um projecto-lei para regulamentar a privacidade no local de trabalho. Se for aprovado, as empresas deixam de poder filmar clandestinamente os funcionários e não podem colocar câmaras nas casas de banho, salas de descanso ou vestiários.

O ministro do Interior, Thomas de Maiziere, explicou que “a lei protege mais os trabalhadores do que a legislação vigente na Alemanha” e também “protege os direitos dos empregadores na luta contra infracções ou corrupção no trabalho”.

Em contrapartida, os empregadores dizem que a videovigilância é essencial para se protegerem contra roubos. O representante da Associação da Indústria do Retalho, Stefan Genth, defendeu que “em alguns cass esta é a última opção e pode evitar que haja suspeitas indevidas contra outros funcionários”.

O projecto-lei quer, ainda, proteger a privacidade dos empregados nas redes sociais da internet. Com isto, a Alemanha poderá ser o primeiro país a proibir os empregadores de utilizar o Facebook para contratar pessoas ou espiar os comentários dos funcionários. Resta saber como.